O Globo repercute Indústria 2027 e automação na indústria

O Globo repercute Indústria 2027 e automação na indústria


 

O desenvolvimento da automação na indústria a partir do avanço da tecnologia é um dos destaques de reportagem do jornal O Globo sobre o Indústria 2027. Além de frisar o resultado de que sete das oito tecnologias analisadas pelo projeto já impactam setores industriais, a matéria destaca o estágio da automação no Brasil. Segundo a reportagem, o nível de automação de um país é medido pela quantidade de robôs por cada 10 mil empregados e, no Brasil, esse número é de apenas 10 robôs por 10 mil funcionários. 

Em entrevista ao O Globo, o superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Paulo Mól, explica que o investimento brasileiro em pesquisa e desenvolvimento ainda é pequeno, se comparado a países como China, Estados Unidos e Alemanha. “No mundo, até 2025, somente com pesquisas em inteligência artificial, serão movimentados US$ 60 bilhões. E os países que devem demandar mais investimentos são os que estão mais adiantados nesse sentido. A China, por exemplo, investe muito mais do que os EUA e a Alemanha em internet das coisas”, diz Mól.  

Outro ponto frisado por Mól é a respeito das transformações no processo produtivo da indústria, diante da tecnologia, com mudanças no emprego de profissionais. “Haverá uma mudança do profissional, por isso, a necessidade de uma maior capacitação. Ele não estará no chão de fábrica, ele será aquele que irá programar o robô para exercer a função. É preciso, neste sentido, a atuação mais forte das universidades para atender esse novo profissional”, contextualiza o superintendente. 

De acordo com o superintendente, será possível identificar o estágio tecnológico em que a indústria brasileira está após a divulgação da pesquisa de campo, daqui a um mês.                                           

 

Por Sarita González 
 

 (11) 9 9407-8814
 (11) 4732-3303